RSS

Arquivo da categoria: Dicionário de Amigos

um pouco do timbre dos amigos.

O livro vermelho emprestado por Aberival que me convidou a demitir um Deus tirano

Brennan manning é o autor que mais tenho lido no momento. Comecei pelo “o impostor que vive em mim” e depois pelo “O evangelho maltrapilho” (emprestado pelo Aberi)

O livro veio a mim numa sacola devidamente conservado e emplastificado sem rasura alguma em suas páginas (nos meus livros, o crime é não rasurar) logo percebi o quão precioso era para ele. Comecei a lê-lo no dia seguinte e me apaixonei à primeira palavrinha…

“O evangelho maltrapilho foi escrito com um público leitor específico em mente. Este livro não é para os superespirituais. Não é para os cristãos musculosos que têm John Wayne como herói, e não Jesus. Não é para os acadêmicos que aprisionam Jesus na torre de Marfim da exegese. Não é para gente barulhenta e bonachona que manipula o cristianismo ponto de torná-lo um simples apelo ao emocionalismo. Não é para os místicos de capuz que querem mágica na sua religião. Não é para os cristãos “aleluia”, que vivem apenas no alto da montanha e nunca visitaram o vale da desolação. Não é para os destemidos que nunca derramaram lágrimas. Não é para os zelotes ardentes que se gabam com o jovem rico dos Evangelhos: “Guardo todos esses mandamentos desde a minha juventude”. Não é para os complacentes, que ostentam sobre os ombros um sacolão de honras, diplomas e boas obras, crendo que efetivamente chegaram lá. Não é para os legalistas, que preferem entregar o controle da alma a regras a viver em união com Jesus. O evangelho maltrapilho foi escrito para os discipulados, os derrotados  e os exauridos. Ele é para os sobrecarregados que vivem ainda mudando o peso da mala pesada de uma mão para a outra. É para os vacilantes e de joelhos fracos, que sabem que não se bastam de forma alguma e são orgulhosos demais para aceitara esmola da graça admirável. É para os discípulos inconsistentes e instáveis cuja azeitona vive caindo para fora da empada. É para homens e mulheres pobres, fracos e pecaminosos com falhas hereditárias e talentos limitados. É para os vasos de barro que arrastam pés de argila. É para os recurvados e contundidos que sentem que sua vida é um grave desapontamento para Deus. É para gente inteligente que sabe que é estúpida, e para discípulos honestos que admitem que são canalhas. O evangelho maltrapilho é um livro que escrevi para mim mesmo e para quem quer que tenha ficado cansado e desencorajado ao longo do caminho.”   (Brennan Manning)

 

Tags: , ,

O livro rosa emprestado por Valéria que me levou a um passeio dentro de mim mesmo.

Quando alguém me empresta um livro fico muito grato, pois independente de eu gostar do livro eu gosto mesmo é do tesouro dividido.   

“Quando discutir com pessoas queridas, deixe-as ganhar. Escolha ser feliz em vez de ter razão”

(Dominique Glocheux)  

 

Tags: , , ,

William, o Douglas!

Conhecê-lo pessoalmente foi algo bem marcante. Suas primeiras palavras, após uma bela exposição de suas conquistas e trajetórias vitoriosas, foram: “Não se impressionem com o meu currículo”, e assim pude perceber desde o primeiro aperto de mão: Posso chamá-lo de William!

William Douglas e Jhônatas

Suas exortações estão bem gravadas em minha mente e adicionadas ao meu bolso de menino, sempre cheio de coisas legais. Um dia, se Deus permitir, terei também o privilégio de escrever e contar a muitos sobre meus fracassos, aquilo que foi ponte para alcançar meus sonhos, não é William?

Sim, podemos ser melhores que nós mesmos. Acordarmos de manhã e fazer o que amamos, evitando repetir os erros, encontrando o poder da graça – A vida em si. Cotidianamente, parece que o propósito de nossa existência está a nos chamar, sua paciência é infinita e ele acredita que iremos encontrá-lo.

 

Jhônatas Cabral

 

 

Tags: , , ,

Meu melhor amigo…

Ele é como o vento que não precisamos ver para sentí-lo. Ele é a mais linda poesia, a mais perfeita canção. Quando todos me ofereceram a culpa, ele sorriu para mim e me cobriu com o lençol de sua graça. Hoje, eu posso andar de bicicleta. Ontem, ele foi as rodinhas de equilíbrio que me fizeram acreditar que era possível. Ele me conforta a todo instante, mesmo nos momentos que o faço entristecer-se. O primeiro natal foi o seu nascimento e seu nome é sagrado para mim, assim como a palavra amor. “Cinco letras maravilhosas que são, cinco letras maravilhosas que são: j-e-s-u-s, j-e-s-u-s, j-e-s-u-s de Jesus”.

Quem poderia dar os melhores presentes aos adultos? Quem poderia trazer a alegria e a esperança de volta? Não vejo ninguém melhor que uma criança.

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz”. (Isaías 9.6)

1175104910_f 

 

 

 

 

 

 

Um feliz Natal e um 2009 recheado de amor para todos.

 

Jhônatas Cabral

 

Eu ganhei o “Prêmio Dardos”!

sem-titulo1

Meu 1º selo (depois de minha “selo-atrapalhada” né Ju?) também tem um gosto muito especial, pois foi indicação de uma fonte inspiradora. Uma poetisa que enche meu coração de afeto, admiração e reverência:

Ju Rigoni – http://rigoni.wordpress.com

Desde já, minhas sinceras desculpas pelo fato de não ter percebido esse presente maravilhoso e minha terna gratidão por fazer parte de minha vida de uma forma tão poética.

Bjs

Inté sempre!!!


Informações sobre o Prêmio Dardos

“Com o Prêmio Dardos se reconhecem os valores que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc. que, em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras. Esses selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web.

Quem recebe o “Prêmio Dardos” e o aceita deve seguir algumas regras:
1. exibir a distinta imagem;
2. linkar o blog pelo qual recebeu o prêmio;
3. escolher quinze (15) outros blogs a que entregar o Prêmio Dardos.”

Como já indiquei 3 no selo anterior, meus indicados ao Prêmio Dardos estão em minhas “AFINIDADES” e são eles:

Blog da Ana Paula, Blog da Bibi, Blog da Daí, Blog da Elaine, Blog da soflor, Blog do Del, consumindo palavras, crer e pensar, Gladir Cabral, Grupo Sementes, metáforas da Mell, Meu baú de versos tortos, No divã com Samantha, Todos os sentidos, Liberdade para as borboletas.

 
6 Comentários

Publicado por em novembro 29, 2008 em Dicionário de Amigos, Quartos

 

Tags: ,

Amigo Leto!

Admirável, que chega e planta em nós estima.

Assim como a estima do pastor a procura de sua 100ª ovelha, meu sentimento é análogo:

Achei um tesouro, achei um amigo.  

 
1 comentário

Publicado por em agosto 6, 2008 em Dicionário de Amigos

 

“Quem é o primeiro neto?” (vó lalá)

Palavras se limitam quando o amor ao próximo é maior do que o de si mesmo.

Feliz aniversário vovó!

 

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em maio 21, 2008 em Dicionário de Amigos