RSS

“O mundo das ideias religiosas”

01 jun

Às vezes me pego querendo compreender tudo: Anoto, armazeno na memória, investigo, debato, discordo, concordo, olho de lado, ironizo, interrogo, duvido e me apronto rumo ao conhecimento. Entretanto, como compreender o canto de um sabiá?  Ou como entender a lambida de afeto de uma leoa voraz no ferimento de seu filhote? É… Tem coisas que não foram feitas para compreender, mas simplesmente  amar. Eu penso tanta coisa louca sobre Deus que acho que ele vive rindo de mim, assim como um pai que ri das travessuras dos seus filhos. Tenho a leve impressão que o meu Deus não é diferente do seu, pois geralmente os nossos deuses são reflexos de nossos espelhos. Por exemplo, amo jardins e vejo um Deus jardineiro. Há aqueles que gostam de vingança, qual seria o Deus deles? Acho que é por isso que as religiões existem: para abrigar deuses diversos (ou engaiolá-los)

gaiola-229x300

Jhônatas

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em junho 1, 2009 em Espiritualidade

 

2 Respostas para ““O mundo das ideias religiosas”

  1. Adelmar Lincoln

    junho 2, 2009 at 14:35

    Boa reflexão! Pensamentos! vida, nós temos que pensar, como dizia John Stott : Crer é também pensar. valeu mano!

     
  2. Rätsel Ewig

    junho 7, 2009 at 14:35

    Realmente, uma ótima reflexão. “Nossos deuses são reflexos de nossos espelhos” ^^

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: