RSS

16 jan

O esforço é grande o homem é pequeno.

Eu, Diogo Cão, navegador, deixei

Este padrão ao pé do areai moreno

E para diante naveguei.

A alma é divina e a obra é imperfeita.

Este padrão sinala ao vento e aos céus

Que, da obra ousada, é minha a parte feita:

O por-fazer é só com Deus.

Ao imenso e possível oceano

Ensinam estas quinas, que aqui vês,

Que o mar com fim será grego e romano:

O mar sem fim é português.

E a cruz ao alto diz que o que me há na alma

E faz a febre em mim de navegar,

Só encontrará de Deus na eterna calma

O porto sempre por achar.

 

 

Fernando Pessoa

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em janeiro 16, 2009 em Quartos

 

2 Respostas para “

  1. Samantha

    janeiro 17, 2009 at 14:35

    Ahhhhhhh Feranando Pessoaaaaaaaa
    Divino!!
    Bom FDS
    bju

     
  2. Adelmar Lincoln

    janeiro 19, 2009 at 14:35

    Valeu pela reprodução de Fernando Pessoa. Olha tens uma vida pela frente, dons e talentos, tens é que aproveitar no Reino pois o dono de tudo se alegrará. Desejo novos horizontes em 2009. Abração.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: