RSS

Meu melhor amigo…

23 dez

Ele é como o vento que não precisamos ver para sentí-lo. Ele é a mais linda poesia, a mais perfeita canção. Quando todos me ofereceram a culpa, ele sorriu para mim e me cobriu com o lençol de sua graça. Hoje, eu posso andar de bicicleta. Ontem, ele foi as rodinhas de equilíbrio que me fizeram acreditar que era possível. Ele me conforta a todo instante, mesmo nos momentos que o faço entristecer-se. O primeiro natal foi o seu nascimento e seu nome é sagrado para mim, assim como a palavra amor. “Cinco letras maravilhosas que são, cinco letras maravilhosas que são: j-e-s-u-s, j-e-s-u-s, j-e-s-u-s de Jesus”.

Quem poderia dar os melhores presentes aos adultos? Quem poderia trazer a alegria e a esperança de volta? Não vejo ninguém melhor que uma criança.

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz”. (Isaías 9.6)

1175104910_f 

 

 

 

 

 

 

Um feliz Natal e um 2009 recheado de amor para todos.

 

Jhônatas Cabral

Anúncios
 

5 Respostas para “Meu melhor amigo…

  1. Delza

    dezembro 25, 2008 at 14:35

    Que inspiração! só aqueles que que realmente são escolhidos pelo o Senhor que podem passar todas
    estás mensagens maravilhosas que vem de DEUS.

    c

    r

    i

    v

    eria

     
  2. Neo

    dezembro 26, 2008 at 14:35

    Adorei brother…

    Esta história de culpa x graça e equilíbrio… lindo! Poucas pessoas escrevem com a facilidade que vc…

    Parabéns de verdade!

    Que 2009 seja um ano repleto de conquistas e realizações.

    Grande abraço

    Neo

     
  3. Samantha

    janeiro 2, 2009 at 14:35

    Oi poeta… to com uma saudadeeeeeeeeee de prozear cocê
    Vim desejar-lhe um 2009 repleto de realizações e de muita felicidade.
    Beijos mil

     
  4. Neo

    janeiro 5, 2009 at 14:35

    Aí mermão…

    Passando pra deixar um abraço de feliz ano novo.
    Sucesso total em 2009…
    E… volta aê!! rs..

    Neo

     
  5. ju rigoni

    janeiro 5, 2009 at 14:35

    Jhonatas, meu querido amigo, só hoje, no rame-rame deste ano que todos denominam novo, estou voltando a blogar.

    Espero, sinceramente, que o seu Natal tenha transcorrido entre o amor e a harmonia.

    E continuo torcendo para que a alegria e a esperança reinem, finalmente, e para que os homens realmente compreendam o que é solidariedade, justiça e humanidade. Torço para que – todos -, em 2009, possamos viver num mundo mais feliz.

    “Em realidade aquilo que o homem semear, isso também colherá…”

    Um grande beijo. E inté!

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: