RSS

Em algum lugar

21 mar

                                                                                                                                                                          cadê ela?

Lua nova… Onde ela está?

Cadê ela?

Ela está aqui em algum lugar, eu sei.

Não a vejo, mas a sinto.

Eu sei…

Agora vejo!

E a vejo como um cego.

Eu tenho minhas pequenas mãos, posso desenhá-la.

Melhor, posso tocá-la.

De barco a levo como linguagem ao cérebro.

E ele me diz o que vejo.

Com o corpo inteiro ouço os sons:

Aqueles sussurros, aquelas prosas

de sentimentos

mudos.  

Lua nova, ela me vê!

Jhônatas Cabral

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em março 21, 2008 em Poemas

 

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: