RSS

“Algo sempre guardarei”

10 mar

26.jpg

O tempo (Juninho Afram) 

O vento toca o meu rosto
Me lembrando que o tempo vai com ele
Levando em suas asas os meus dias,
Desta vida passageira
Minhas certezas, meus conceitos,
Minhas virtudes, meus defeitos
Nada pode detê-lo…

…O tempo se vai
Mas algo sempre guardarei…
…O Teu amor, que um dia eu encontrei.

Os meus sonhos, o vento não pode levar
A esperança, encontrei no Teu olhar
Os meus sonhos, a areia não vai enterrar
Porque a vida recebi ao Te encontrar…

…Nos Teus braços não importa o tempo
Só existe o momento de sonhar
E o medo que está sempre à porta
Quando estou com Você
Ele não pode entrar…

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em março 10, 2008 em Sobre música e sentimento

 

Uma resposta para ““Algo sempre guardarei”

  1. Adelmar Lincoln

    março 11, 2008 at 14:35

    Guardes sempre os bons momentos para que façam parte de teu futuro grande futuro, que cremos acontecerá, viva com propósitos. Abração.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: